Publicidade

A Programação Infantil do FIG

Estação dos Contos (Teatro para Infância). Foto Joanisa Prates/Divulgação

No Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) quem pensa que não dá para levar criança, está enganado! Dá para aproveitar as férias, curtir o friozinho e as programações em família, com atrações gratuitas voltadas para a criançada. Na Praça da Palavra, por exemplo, está o reduto da literatura, espaço dedicado a recitais, performances, debates, contações de histórias e lançamentos de livros.

Já no primeiro final de semana do Festival começam as programações infantis, manhã e tarde com atividades para crianças! Tem oficinas do Sesc, apresentação do Tapete Voador; A Cia Forrobodó vem da Paraíba e apresenta duas sessões de contação de histórias sobre lendas indígenas no domingo (23/07); Durante a semana tem também Conversa Assombrada, pra quem curte contos de terror, e uma prévia do FILIG, o Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns, que este ano acontece em Outubro, na cidade. Para promover o FILIG no FIG, o Festival convidou a Ilustradora Rosinha, que além de bate-papo fará uma vivência de ilustração para crianças.
No último final de semana, a contadora de histórias Irene Tanabe, de São Paulo, fará três sessões de contações de histórias com Origamis! E, no último dia, o Projeto Outras Palavrinhas encerra a programação infantil com a presença das escritoras Susana Morais e Socorro Lacerda, apresentando o Reisado Infantil Floreando, o Baú da Camilinha, em seguida Susana Morais e Diego Gibran com o espetáculo Clássicos em Cordel.Confira a programação infantil completa:

Praça da Palavra
Na Praça da fonte luminosa de Garanhuns

Sábado 22 de Julho 
9h – Ação Educativa| Brincando e Cantando com Expressões Populares (SESC – PE)
10h – Oficinas Infantis| Confecção de Marcadores de Livros (SESC – PE)
11h – Embarcando no Universo da Imaginação, com a Cia. Fisa D’arte (Sec. de Turismo e Cultura de Garanhuns – PE)
15h – Contação de Histórias, com O Tapete Voador (Cepe Editora)
Domingo 23 de Julho
9h – Oficinas Infantis| Confecção de bonecas Abayomi (SESC – PE)
11h – Contação de Histórias | Uirapuru, com Aline Alencar da Cia. Forrobodó de Teatro (PB)
 
Terça-feira 25 de Julho
15h – Conversa Assombrada – Oralidade e Literatura: Encenação de Histórias Assombradas da Mata e do Mar, com Paulo André Viana e Renê Ribeiro (PE). Bate-papo com os autores Roberto Beltrão e André Balaio (PE)
Quinta-feira 27 de Julho
15h – FILIG no FIG, conversa com a escritora e ilustradora Rosinha (PE)
16h – Contação de Histórias com Origamis, com Irene Tanabe (SP)Sexta-feira, 28 de Julho
9h – FILIG no FIG: Vivência de Ilustração para Crianças, com a escritora e ilustradora Rosinha (PE)
11h – Contação de Histórias com Origamis, com Irene Tanabe (SP)
15h – FILIG no FIG: Mediação de leitura sobre a obra da escritora e ilustradora Rosinha (PE), com Yalle Feitosa (PE)

Sábado 29 de Julho
9h – Contação de Histórias com Origamis, com Irene Tanabe (SP)
10h – Outras Palavrinhas: Conversa com as escritoras Susana Morais e Socorro Lacerda Lançamento do Livro “Vira-vira Violeta” (Socorro Lacerda), apresentação do Reisado Infantil Floreando
15h – Contação de Histórias | O Baú da Camilinha (Cepe Editora)
16h – Contação de Histórias | Clássicos em Cordel, com Susana Morais e Diego Glbran (PE)
17h – Palestra | A Arte de Contar Histórias: Uma proposta para despertar o gosto pela leitura, com Vera Nóbrega (UBE)
18h – Roda de Histórias com Grupos de Contadores de histórias do SESC Garanhuns 

Em outros pólos também têm programações indicadas para as crianças:

13ª MOSTRA DE CINEMA DO FIG 2017
No Cine Eldorado
Entrada Gratuita

Sexta-feira 21 de Julho
14h – Longa-metragem Infanto-juvenil 
A Família Dionti (Ficção, 96 minutos, 2017, Brasil), de Alan Minas
Classificação: Livre

Sábado 22 de Julho
14h – Longa-metragem Infanto-juvenil O que queremos para o mundo? (Ficção, 65 minutos, 2016, Brasil), Igor Amin
Classificação: Livre

Domingo 23 de Julho
14h – Longa-metragem Infanto-juvenil A Família Dionti (Ficção, 96 minutos, 2017, Brasil), de Alan Minas
Classificação: Livre
18h20 – Longa-metragem Pernambucano Super Orquestra Arcoverdense de Ritmos Americanos (Documentário, 79 minutos, 2017, Brasil), de Sérgio Oliveira
Após a exibição do filme haverá uma conversa com o diretor do filme

Segunda-feira 24 de Julho
14h – Longa-metragem Infanto-juvenil O que queremos para o mundo? (Ficção, 65 minutos, 2016, Brasil), Igor Amin
Classificação: Livre

Terça-feira 25 de Julho
14h – Longa-metragem Infanto-juvenil A Família Dionti (Ficção, 96 minutos, 2017, Brasil), de Alan Minas
Classificação: Livre

Palco Mamulengos e Pontos de Cultura
No Parque Euclides Dourado

Terça 25 de Julho
15h – Miro dos Bonecos
16h – Mamulengo Teatro Riso – Mestre Zé Lopes (Patrimônio Vivo)
17h – Mamulengo Alegria

Quarta 26 de Julho
15h – Mamulengo Nova Geração
16h – O Grão Circo Mamulengo
17h – Coco de Roda do Cabo de Santo Agostinho (Ponto de Cultura Farol da Vila – Coco de Pontezinha)
 
Quinta, 27 de Julho
15h – Sementes da Brincadeira: As Presepadas de Benedito brincando de Babau nos domingos de João Redondo
16h – Mamulengo Riso das Crianças
17h – Sertão Maracatu – Batuque Nagô (Ponto de Cultura Orquestra Sertão)
Apresentações de Dança 
No Teatro Luiz Souto Dourado 
 
Terça 25 de Julho 
10h – Espetáculo Fantasia (Dança) – Academia de Dança Marta Melo | Garanhuns – PE
Direção e coreografia: Marta Melo
Classificação indicativa: livre
Duração: 40 min

Sinopse: Espetáculo de ballet clássico inspirado na obra prima da Walt Disney “Fantasia”

Domingo 25 de Julho

10h – Estação dos Contos (Teatro para infância) – Grupo Estação de Teatro (RN)
Direção: Rogério Ferraz
Classificação indicativa: livre
Duração: 45 min
Sinopse: Espetáculo de contação de histórias de tradição popular, intercaladas com músicas originais executadas ao vivo, músicas do cancioneiro infantil e brincadeiras populares.
Sábado 29 de Julho 
10h – Vento Forte Para Água e Sabão (Teatro para infância) – Companhia Fiandeiros de Teatro (PE)
Direção: André Filho
Classificação indicativa: livre
Duração: 55 min
Com audiodescrição e libras
Sinopse: O musical narra a história de amizade entre uma bolha de sabão chamada Bolonhesa e Arlindo, uma rajada de vento. Vivem uma divertida aventura, descobrindo o mundo e dando sentido à sua pequena existência.
Para conhecer o Artesanato
No Parque Euclides Dourado (Parque dos Eucaliptos)
O Armazém das Artes e Negócios é um espaço dedicado ao artesanato, funcionando de 22 a 29 de julho, das 10h às 22h,  no Parque Euclides Dourado (o famoso parque dos eucaliptos). Vários artesãos como o Mestre Saúba, de Jaboatão, conhecido por seus Brinquedos Artesanais Populares de Madeira, Dau Artesão, de Palmares, e Pedro Antônio, de Rio Formoso, estão com suas obras por lá. Para encanto da garotada, tem vários modelos de carrinhos, casinhas e outras miniaturas encantadoras.

Artes Visuais 
Na Galeria Galpão 
Projeto Parquê: Nasceu da experiência das idealizadoras Adah Lisboa e Paulina Albuquerque como mães, de Chico e Romeo, 4 e 3 anos respectivamente, da observação do cotidiano criativo das crianças. O projeto Parquê acontece em duas etapas:
Interação com o público (dias 22 e 23 de julho, das 16h às 19h)
Exposição (de 27 a 29 de julho, das 16h às 21h).
Na primeira etapa – será criado um ambiente lúdico para que a criança se sinta à vontade e livre para criar. Com duração de 2 dois dias. Uma média de 20 crianças são esperadas por dia. A interação tem o objetivo de proporcionar a liberdade criativa por meio de desenhos e pinturas livres utilizando diversos materiais. Os pais ou responsáveis ficam junto, co-participando, sem interferir na criação.

Na segunda etapa,  as idealizadoras classificam e agrupam as obras a partir dos temas que surgirem entre combinações de cores, divergências e semelhanças entre si, não havendo distinção tampouco juízo de valor, sendo assim, todas as 40 obras produzidas serão expostas na Galeria Galpão. A ideia é causar a reflexão do público visitante com a tão famosa: É rabisco de criança ou é obra de um artista famoso?

Circo
No Parque Euclides Dourado
Tem lona armada de 22 a 29 de julho, apresentando espetáculos e números circenses, sempre às 16h. A classificação é livre

 

Cultura Popular
No Palco 
Haverá várias apresentações de brincadeiras e folguedos de vários lugares do Estado, oportunidade para as crianças conhecerem de perto manifestações autênticas da nossa cultura.

SalvarSalvar

Comentários

Deixe seu Comentário

* O seu endereço de e-mail não será publicado.

Escreva seu comentário.

* Algumas tags html serão permitidas

Informe seu nome.

Posts Relacionados