Publicidade

Aplicativo para achar remédio mais perto e mais barato

Se tem uma coisa que me tira de tempo é quando um dos meus filhos adoece. A vontade é de passar para mim os sintomas… Pois bem, fui para um almoço de lançamento do aplicativo MyPharma, adorei a iniciativa, e por isso compartilha aqui. Acho que será uma ajuda e tanto. Depois de dois anos de estudos, a plataforma desenvolvida por uma startup pernambucana já está disponível para celulares androids e sexta-feira para IOS. A função do MyPharma é facilitar a comunicação e venda entre farmácia e o público em geral, com pesquisa rápida de preços, opção por genéricos e a possibilidade de “decifrar” a receita.

Todo mundo já reparou que daqui a pouco é possível dizer que há uma farmácia em cada esquina no Recife. Analisando esse mercado, um grupo de profissionais com expertise na indústria farmacêutica e em tecnologia pesquisou e desenvolveu um aplicativo para facilitar a vida dos dois lados – consumidor e farmácias. O MyPharma faz a pesquisa online de preços de medicamentos, cuja variação pode chegar a 1.500% entre as unidades da mesma cidade, segundo pesquisa do Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade.


“Com poucos cliques, o consumidor faz várias cotações ao mesmo tempo e escolhe o menor preço. Ele realiza a compra via app e recebe o pedido em casa”, explicou o diretor de marketing da MyPharma, Alfredo Bittar. “É como se fosse um Ifood para medicamentos”, comparou. Economia, agilidade na pesquisa, conforto e segurança de receber o medicamento no domicílio são alguns dos atrativos para usar o aplicativo.

Com servidor internacional, o MyPharma garante agilidade e evita “travamentos” durante a pesquisa; na busca o app dá opção de escolha por remédios genéricos ou equivalentes; o MyPharma faz uso do geolocalizador, que mapeia o local onde está o cliente e faz a busca pelas farmácias mais próximas; além de remédios, a pesquisa pode incluir marcas de higiene pessoal, cosméticos e perfumaria; e um serviço bastante útil: caso a receita esteja inelegível, é possível mandar uma foto dela para identificar medicamento prescrito.

O prazo máximo para retorno é de cinco minutos. O pagamento pode ser feito direto com o entregador ou no cartão de crédito, pelo aplicativo.

Para as farmácias é bom porque abre mais um canal de vendas. A ideia é substituir o atendimento ao telefone para os pontos de venda, porque o atendente vai poder fazer um número significativo de transações simultâneas com o aplicativo, enquanto ao telefone ele atende uma pessoa por vez.

No Brasil há mais celulares que habitantes – de acordo com a Anatel – e a nova geração procura resolver tudo por meios online, usando cada vez menos o telefone. E Recife foi escolhida para ser a primeira cidade a receber o aplicativo por dois motivos: o grande número de farmácias e o potencial para tecnologia. Hoje, a cidade é o terceiro mercado para o iFood no país. O aplicativo, disponível nos sistemas Android e IOS, tem como meta alcançar 30 mil downloads na capital pernambucana e, em breve, poderá ser usado também pelo site. As farmácias interessadas em fazer parceria com a MyPharma precisam se cadastrar no site www.mypharmabr.com, pelo e-mail atendimento@mypharmabr.com.br ou através do Facebook appmypharma.

Diferenciais MyPharma

– Pagamento – pode ser feito em dinheiro com o entregador ou pelo cartão de crédito pelo próprio aplicativo

– Geolocalização – permite que a pesquisa seja feita em farmácias mais próximas do consumidor

– Tamanho – possui apenas 36 megas para Android, o que representa 50% do tamanho do Ifood

– Genéricos – o app dá a opção de comprar medicamento genérico ou equivalente

– Outros produtos – pesquisa inclui dermocosméticos e material de higiene pessoal

– Agilidade – prazo de resposta da pesquisa em até 5 minutos.

Comentários

Deixe seu Comentário

* O seu endereço de e-mail não será publicado.

Escreva seu comentário.

* Algumas tags html serão permitidas

Informe seu nome.

Posts Relacionados